Síndrome de Burnout: a doença dos tempos modernos

 

Mente acelerada, cansaços mental e emocional. Esses poderiam ser os sintomas tradicionais de uma crise de estresse, se não fossem, também, os sintomas de uma nova doença, que tem avançado no cenário corporativo. Trata-se da síndrome de burnout, um distúrbio dos tempos modernos, caracterizado pelo desgaste emocional, que danifica os aspectos físico e emocional da pessoa.

 

Em outras palavras, o profissional chega ao seu limite máximo, com o excesso de estímulos recebidos, até que os neurotransmissores simplesmente param de fazer conexões, como uma espécie de pane de um veículo em movimento. A síndrome manifesta-se especialmente em pessoas cuja profissão exige envolvimento interpessoal direto e intenso.

 

O diagnóstico ainda exige cuidados, pois pode ser confundida com outras doenças. Mas existem alguns sintomas padrão, como: irritabilidade, baixa autoestima, mudanças de humor, lapsos de memória, ansiedade e depressão. Para o tratamento, o profissional deve consultar um médico, que pode prescrever antidepressivos e psicoterapia. Além disso, a atividade física regular e os exercícios de relaxamento também ajudam a controlar os sintomas.

 

Confira algumas recomendações para saber lidar e reconhecer a doença:

 

  • Mudanças no estilo de vida podem ser a melhor forma de prevenir ou tratar a síndrome de Burnout.
  • Avalie quanto as condições de trabalho estão interferindo na qualidade de vida e prejudicando sua saúde física e mental.
  • Avalie também a possibilidade de propor nova dinâmica para as atividades diárias e os objetivos profissionais.

Aprenda a explorar o LinkedIn!

 

 

Criado em 2003, nos Estados Unidos, o LinkedIn conquistou espaço e hoje está consolidada como a maior rede social corporativa do mundo. Excelente plataforma para fazer networking e procurar empregos on-line, a rede tem se destacado, também, por oferecer muitas oportunidades para marketing e vendas.

 

A cada dia, mais profissionais se conectam à rede, mas ainda sem compreender a ampla capacidade da ferramenta. É o que afirma Diogo Marra, gerente de Relacionamento do LinkedIn, ao reforçar a missão da rede. “O LinkedIn tem a missão de promover oportunidades para toda a rede, além de informações. Mais do que isso, é uma rede de relacionamento não apenas profissional, mas, principalmente, de aprendizado.”

 

Isso porque o LinkedIn conta com diversas oportunidades para explorar assuntos, como o canal Pulse, que é uma fonte para notícias profissionais com conteúdos interessantes e debates sobre as novas tendências, onde é possível ler e compartilhar as informações publicadas. Outra novidade da plataforma é a possibilidade de inserir vídeos nas publicações.

 

Diogo Marra destaca também algumas dicas que podem contribuir para o melhor uso da ferramenta. Confira as dicas e coloque-as em prática! 

 

  • Apenas adicione pessoas que você conheça: a efetividade do networking depende do nível de entrosamento, se este for nulo, não há como surtir efeito.
  • Participe de grupos, curta e compartilhe informações: ao endossar os conteúdos, naturalmente você passa a fazer parte de determinado assunto e a ganhar visibilidade.
  • Atenção às informações publicadas: evite assuntos que possam criar polêmica e ser motivo de piadas; o melhor é abster-se. 

Parabéns, Editora Moderna!

 

Consolidada como empresa líder nos mercados público e privado de livros didáticos, a Editora Moderna chega à expressiva marca de 47 anos de existência construindo uma educação de qualidade para os brasileiros. E a receita para o sucesso tem um fator essencial: seus colaboradores. Graças aos profissionais que acreditam na evolução educacional do Brasil e trabalham para fazer a diferença, a Editora Moderna tornou-se referência em educação de resultados no país. Este ano, seu catálogo de literatura infanto-juvenil completa 35 anos, assumindo a posição de líder no segmento.

 

Fundada em 22 de outubro de 1968, a Editora Moderna passou a integrar, em 2001, a Santillana Brasil, braço editorial do Grupo Prisa, uma das principais unidades de educação, comunicação e entretenimento em línguas espanhola e portuguesa. A partir de então, o crescimento foi surpreendente, conquistando status de multinacional.

 

Entre seus diferenciais, o Grupo se destaca por ter colaboradores que atuam há mais de 30 anos e que acompanharam toda a evolução e o crescimento da companhia. Prova disso, é Maristela Petrili de Almeida Leite, diretora adjunta editorial de Literatura da Editora Moderna, que se orgulha por ter o crachá número 01 e por completar, este ano, a expressiva marca de 39 anos de serviços prestados. Sua história funde-se à da empresa, pois, graças à parceria de sucesso, Maristela pode se desenvolver e contribuir para o crescimento da companhia: “Entrei como revisora, sem saber ao certo o que fazer. Em seguida, passei a ser editora de textos e, assim, fui fazendo carreira. Até que um dia o professor Ricardo Feltre me fez uma proposta, pois, naquele momento, a Editora Moderna estava investindo em um novo segmento, que era literatura infanto-juvenil. Hoje, depois de tantos anos, costumo dizer que eu estou diretora, mas eu sou editora, tamanha é a minha paixão pelo  que faço”.

 

A parceria foi tão bem-sucedida, que Maristela não pensa ainda em se aposentar. Para ela, todos esses anos dedicados à empresa foram únicos. “Eu nunca fiquei no mesmo lugar, na mesma empresa. A cada ano, era um desafio, um projeto novo, uma nova gestão, nunca teve mesmice, diante de tamanha capacidade de renovação desta empresa. O tempo vai passando e, de repente, quando você se dá conta, lá se foram 39 anos”.

 

Parabéns, Editora Moderna, pelos 47 anos de trabalho dedicados à educação do país. 

Como lidar com a demissão?

 

Diante da atual situação política e econômica do Brasil, muitos profissionais estão apreensivos com relação à permanência em seus empregos. A onda de demissões e cortes tem avançado e, com isso, a iminência do desemprego, também. E lidar com esse cenário, tanto para os funcionários que veem seus empregos ameaçados quanto para os gestores, que têm a dura tarefa de demitir, tem sido o desafio para muitos profissionais.

 

Do lado dos líderes, não existe uma maneira mais fácil para dispensar alguém, pois a missão envolve fatores emocionais, financeiros e de carreira, mas, para os profissionais de RH, a saída é investir na transparência e sinceridade, ao informar sobre o desligamento.

 

Na Santillana Brasil, a demissão é o último recurso e, caso seja necessária, há um alinhamento entre o gestor, RH e também com a matriz da companhia. De acordo com Sergio Rodrigo de Souza, coordenador de RH, a empresa acredita que sinceridade e clareza, ao dispensar o funcionário, é o melhor caminho a ser seguido. “Demitir alguém é sempre uma tarefa muito difícil, mas sempre orientamos os gestores para que esclareçam o porquê do desligamento e deem um feedback final. O profissional precisa saber porque está sendo dispensado e, mais do que isso, precisa conhecer seus erros para que possa corrigi-los e evitar cometê-los numa futura oportunidade profissional”, enfatiza.

 

Já do lado do colaborador, caso a demissão se concretize, o profissional pode aproveitar o fato para sair da zona de conforto e investir em outros projetos, oportunidades, ou até mesmo empreender. É natural sentir medo diante das perspectivas futuras, mas é importante definir um “plano B” para enfrentar a situação.

 

Confira algumas dicas:

 

  • Invista no networking: procure sua rede de contatos e mantenha o relacionamento, mesmo antes da demissão.
  • Atualize-se: participe de cursos, treinamentos, eventos ligados à área para aprimorar os conhecimentos.
  • Crie oportunidades: se o emprego está difícil, aumente suas chances ao investir em um novo negócio. Para isso, estude segmentos, procure afinidades e capacite-se. 

Dia dos Professores

 

“Jamais vou esquecer os ensinamentos que tive em sala de aula. O professor pode ajudar e muito na formação dos alunos, moldando-os como cidadãos, e tenham certeza que cada aluno levará um pouco dos ensinamentos de vocês para a vida deles, assim como levei dos meus professores.” Nesse relato emocionado, Tathyana Cristina Tumolo Ribeiro, editora I na área Editorial de Biologia e Química da Editora Moderna, consegue traduzir em palavras a sua alegria por ser professora.

 

A experiência vivida por Cristiane Maia Pimentel, editora III da área Editorial de Educação Infantil da Editora Moderna, simboliza a importância dos professores, seja em sala de aula ou produzindo livros. Ao relatar “Hoje não estou de corpo na sala de aula, mas entro nela por meio dos livros em que trabalho. E penso nos meus ex-colegas e ex-alunos todos os dias, visualizo como essa ou aquela atividade pode ou não funcionar. E, em meio ao trabalho editorial, vejo como as minhas angústias pelo que poderia ter sido melhor são pequenas, perto do que conquistei lecionando, intelectualmente e emocionalmente, dada a satisfação do sucesso de tantos e tantos ex-alunos que hoje são meus amigos”, revela entusiasmada.

 

Hoje, 15 de outubro, é comemorado o Dia dos Professores, dos profissionais que têm a importante missão, assim como Tathyana e Cristiane, de transmitir o conhecimento. A Santillana Brasil valoriza os professores, pois são eles que contribuem para a formação de indivíduos conscientes e atuantes na sociedade.

 

Parabéns a todos os professores, porque, assim como diz Cora Coralina, “feliz é aquele que transfere o que sabe e aprende o que ensina”.