Prazer em ser Moderna: o relato da colaboradora Dalva Fumiko

 

Dalva Fumiko é colaboradora da Editora Moderna há 34 anos. Funcionária do departamento editorial, ela conta que é uma alegria trabalhar na empresa, uma das maiores editoras do país, que desde 2001 integra o Grupo Santillana.

 

Assista:

 

Editora Moderna, líder consolidada em livros didáticos

 

A Editora Moderna, desde sua fundação, sempre figurou entre as principais empresas do segmento livro didático. Os mais recentes dados de mercado, referentes ao período que compreende o segundo semestre de 2013 e os primeiros seis meses de 2014, mostram que a Moderna mantém o primeiro lugar na distribuição de livros didáticos, regulares e matérias básicas.

 

Com 23,5% de participação de mercado nas escolas particulares e 25,5% nas escolas públicas, a empresa mantém a liderança em livros para o ensino. Se comparado com o período anterior (2012/2013), houve um crescimento de quase 6% da presença dos livros da Moderna nas escolas públicas.

 

Segundo dados oficiais, desde 2008 a Editora Moderna está em primeiro lugar na distribuição de livros didáticos para as escolas privadas e sempre se mantém entre as três principais editoras para o setor governamental.

 

Estruturadas em coleções que atendem à todas as disciplinas, as publicações da Moderna estão presentes no ensino fundamental e médio, em escolas de todo o Brasil.

Fundação Santillana: compromisso com a educação e a cultura

 

Constituída em 1979, na Espanha, a Fundação Santillana atua em prol da educação e da cultura no Brasil e na Ibero-América. Suas ações estão ligadas ao universo da edição, informação e educação, áreas onde tem elevado conhecimento graças à atuação dos grupos Santillana e Prisa, mantenedores da entidade.

 

No Brasil desde 2001, a Fundação Santillana visa contribuir para o desenvolvimento educacional do País, fomentando diversas atividades que beneficiam estudantes, educadores e instituições educacionais, em parceria com entidades públicas e privadas, nacionais e internacionais. O aporte da Fundação Santillana consiste em dinamizar o processo de educação de forma permanente, num compromisso constante com a construção da cidadania.

 

Entre as principais iniciativas estão a realização de cursos de formação, seminários e oficinas para professores e gestores; publicação e divulgação de obras de referência nas áreas de avaliação e políticas públicas educacionais; parcerias para a viabilização de projetos de incentivo à leitura, cultura e cidadania. Ao longo de sua trajetória, a Fundação também construiu importantes alianças com entidades de referência como a Unesco, a OCDE e a OEI.

 

Com o Programa “Liderança e conhecimento educacional”, realizado a partir de 2014, a Fundação Santillana visa contribuir ainda mais com a melhoria da qualidade do ensino na Ibero-América. Por exemplo, com a organização de seminários internacionais, que reúnem especialistas e gestores públicos para debater temas atuais como a utilização das tecnologias educacionais, o aumento da competência leitora e uma gestão mais eficiente dos sistemas e instituições educativas, buscando compartilhar experiências inovadoras e oferecer informações educativas precisas, especializadas e relevantes para os líderes.

 

A Fundação Santillana também apoia projetos sociais de incentivo à educação, à cultura e à cidadania, beneficiando diversos públicos. Destaque para o curso “Trilhas da Cidadania”, de ensino de língua portuguesa e aspectos da cultura e cidadania brasileira para imigrantes e refugiados; e o Mestres da Obra, que promove oficinas educativas e culturais aos operários da construção civil.

 

Conheça mais sobre a Fundação Santillana em www.fundacaosantillana.org.br

Editora Moderna presente em todo o Brasil

 

Seja por meio de filiais ou pontos de venda e atendimento, a Editora Moderna está presente em todo o Brasil. Além da matriz, localizada na rua Padre Adelino, 758, no Belenzinho, Zona Leste de São Paulo, outras 37 unidades representam a editora no país.

 

São oito filiais localizadas em Brasília (DF), Fortaleza (CE), Goiânia (GO), Porto Alegre (RS), Recife (PE), Rio de Janeiro (RJ), Salvador (BA) e São Paulo (SP).

 

Pontos de venda e atendimento são 29 estrategicamente distribuídos de Norte a Sul do Brasil, em 20 estados da Federação.

 

A Moderna está presente no Acre, Alagoas, Amazonas, Amapá, Espírito Santo, Maranhão, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Pará, Paraíba, Paraná, Piauí, Rio Grande do Norte, Rondônia, Roraima, Santa Catarina, São Paulo, Sergipe e Tocantins.

 

Para saber mais detalhes, endereços e contatos das filiais e pontos de venda e atendimento da Editora Moderna acesse o site

A poesia na Editora Moderna

 

Poesia é uma forma de linguagem criativa, uma forma lírica de passar informação ou história, é expressar o que se sente emocionalmente. Então, para homenagear o Dia do Poeta, a Moderna cita uma opção de leitura das suas obras, o livro “Mais respeito, eu sou criança” do autor Pedro Bandeira. O livro mostra em poemas o comportamento e os sentimentos das crianças, em relação aos adultos.

 

As crianças têm uma visão do mundo diferente e por isso o livro aborda a relação que ela tem com a vida, os amigos, os animais de estimação e os adultos. É uma descrição artística da forma que a criança encara o mundo.

 

Além deste livro, a editora conta com um rico material literário de poesias. Obras editadas para serem lidas e declamadas para várias idades. São 74 títulos no total, sendo 6 da Editora Salamandra e 68 da Editora Moderna, todos voltados para o mundo da poesia.

 

Em obras do gênero, a Moderna trabalha fazendo a ponte entre a escrita comum e a escrita mais romântica e elaborada. Com esses tantos títulos, a editora consegue divulgar a poesia e promover o gosto desse tipo de leitura no Brasil.